Etiquetas

Platão afirma n’ A República que as personagens más são voláteis e interessantes, ao passo que as personagens boas são entediantes e sempre as mesmas. Isto exemplifica um claro problema literário. é difícil ser-se bom na vida, e difícil retratar a bondade na arte. Talvez não saibamos muito sobre a bondade. As personagens más que nos atraem talvez corrompam as pessoas, que pensam: «Então isto é aceitável.» A inspiração em personagens boas pode ser mais rara e difícil, mas o Alyosha d’ Os Irmãos Karamazov e  a avó do romance de Proust existem. (p.244)

Entrevistas da Paris Review 2, Tinta da China, 2014

Anúncios