Etiquetas

ROSAS

Desfolharam-se as rosas sobre o rio e, passando, espalharam-nas os ventos,

como se o rio fosse a couraça de um guerreiro rasgado pelas lanças, por onde corresse o sangue das feridas.

(Ben Al-Zaqaq)

O Bebedor Nocturno – poemas mudados para português, Assírio & Alvim, 2013, p.120

Anúncios