Etiquetas

DOMINGO

estes vagos milhares de namorados
que marginam as bordas dos domingos

de mãos dadas e dissipam perfumes
densos nos contornos da baixa portuense

ou serão pipocas derramadas nos passeios?

lá vão elas a
profusão dos líquidos aromas chanel
eau violette xailes
roxos esburacados de rendas batons
vivos tanta
cor

tanta cor para destinos black & white

sabes como me fizeste noite?

e como me obrigas
a reaprender devagar o comprimento dos dias?

este grande deserto e os
rios apagados

acender a chama recomeçar a luz

tarefa meticulosa

Há pedras habitadas Pássaros que não migram
só para não sofrerem a partida

esperam então um ano a fio
pelo regresso dos companheiros

Anúncios