Reiner Kunze

Etiquetas

NECESSIDADE HISTÓRICA

Cinco verdades
reabilitadas

 

O crédito de
quinhentas mentiras
catastrófico

 

Logo
blindados (p. 83)

 

O VERÃO VAI EMBORA

O cardo adula com penugem tenra

A papoila arroja de si o vestido
como uma grávida

A macela desfia
pelos botões

A chicória fecha-se
e encanece (p. 99)

 

Poemas, (Trad. Luz Videira e Renato Correia), Paisagem Editora, 1984

Anúncios

Ruy Cinatti

Etiquetas

O ARCANJO TRÁGICO

Subirei, perdido em mim, frente ao castigo
inexorável que te prende os passos
ao umbigo da terra. Deslumbrado
seguirei os astros. Hei-de morder
a fímbria das estrelas. Além do alto
prumo que nos limita
os pés e os cabelos,
direi grave: Miguel, porque me olhas tanto
de lança em riste; porque suplicas
a minha condição de homem
arremeçado aos abismos? Porque não abres
as portas do céu e me prendes? Porque não bates
as asas e desces aos Infernos?! (p. 65)

O Tédio Recompensado, Guimarães Editores, 1968

Jorge Luis Borges

Etiquetas

TROFÉU

Como quem percorre uma costa
maravilhado com a abundância do mar,
recompensado pela luz e pelo pródigo espaço,
eu fui o espectador da tua beleza
durante um longo dia.
Despedimo-nos ao anoitecer
e em gradual solidão
ao voltar pela rua cujos rostos ainda te conhecem,
a minha felicidade ensombrou-se, pensando
que de tão nobre acervo de memórias
iriam perdurar escassamente uma ou duas
para decoro da alma
na imortalidade do seu rumo.(p. 50)

(Trad. Fernando Pinto do Amaral)

OBRA POÉTICA, Vol. 1, Quetzal, 2012

Rui Caeiro

Etiquetas

PAVÕES

(para Manuel Alegre)

Lentos, solenes, como que sobem a um
palco, abrem o leque, soltam a voz cava (p. 44)

CAVALOS

Têm velocidade, têm elegância, têm porte
custa a crer que precisem dos cowboys (p. 46)

CHIMPANZÉS

Copulam rápida e desapaixonadamente, não
pretendem chegar a homens tão depressa (p. 46)

DEUS E OUTROS ANIMAIS, (Org. Delfim Lopes), Averno, 2015